A Coincheck anunciou que esta praticamente tudo pronto para iniciar o reembolso dos clientes afetados pelo hack em sua plataforma. Além disso a Exchange também anunciou que deve retomar todas as atividades que foram paralisadas como medida de segurança da plataforma. O comunicado traz um alivio para os clientes e também para o mercado que balançou temendo um novo MT.Gox

A exchange japonesa havia anunciado que iria reembolsar todos os clientes afetados pelo hacker que roubou cerca de 58 bilhões de ienes (cerca de US$ 533 milhões) em tokens NEM, logo após o acontecido e alguns dias depois do roubo, comunicou oficialmente o mercado como se daria o reembolso a partir de uma formula com preço médio, o que resultou em um valor de compensação de 88,549 ienes (cerca de US$ 0.815625) vezes o número de unidades de cada usuário.

Os executivos da Coincheck admitiram desde o inicio que mantiveram a grande maioria de seus fundos em “carteiras quentes”e que não implementaram o sistema de contrato inteligente multisignado da NEM. A fundação NEM marcou os fundos roubados e tem monitorado as transações para evitar que os fundos sejam trocados por outras criptos ou por moeda fiat.

loading...
COMPARTILHAR
Toda honra e Glória pertencem a Deus sempre. Publicitário e Produtor Cultural. Entusiasta de tudo aquilo que o Estado não consegue controlar. Abaixo aos muros, que se construa janelas para o amanhã