Início Notícias Atleta abandona beisebol profissional e cria fundo de criptomoedas

Atleta abandona beisebol profissional e cria fundo de criptomoedas

461
0

Tyler Adkison era um promissor jogador de beisebol, mesmo tendo atuado na segunda divisão nos Estados Unidos, pelo Los Angeles Dodgers. Adkison, de 22 anos, poderia construir uma carreira no esporte, porém ele preferiu seguir outro caminho, o das criptomoedas, criando um fundo de investimento especializado no assunto.

O BlockTerra Capital LLC, fundo de hedge focado exclusivamente em esportistas, parece ter dado muito certo, mesmo com todo o ceticismo das pessoas em relação a natureza instável dos criptoativos. Adkison está animado com o novo capítulo de sua vida e já conquistou 30 clientes, entre jogadores profissionais de beisebol e futebol. Seu primeiro cliente foi Joe Kelly, arremessador de 29 anos do Boston Red Sox.

“Estudei negócios na San Diego State e sempre tive interesse em investir. A tecnologia sempre me fascinou muito a ponto de ficar esperando na fila pelo lançamento do primeiro iPad. Estava no ensino médio e cheguei a vender doces para ser um dos primeiros a ter o produto da Apple. Agora eu sinto que as criptomoedas são o auge do avanço tecnológico”, disse.

O envolvimento de atletas de diversos esportes com as criptomoedas tem aumentado exponencialmente, principalmente no último ano, e lendas do esporte, como Ronaldinho, Leonel Messi, estão entre as personalidades envolvidas no mercado cripto, seja por meio da participação em ICOs ou lançando seus tokens próprios. Times de basquete nos EUA também estão aderindo às criptomoedas como forma de pagamento por ingressos e itens oficiais.

COMPARTILHAR
Toda honra e Glória pertencem a Deus sempre. Publicitário e Produtor Cultural. Entusiasta de tudo aquilo que o Estado não consegue controlar. Abaixo aos muros, que se construa janelas para o amanhã
Siga o Criptomoedas Fácil no InstagramCLIQUE AQUI !!!