Início Notícias Aplicativo de mensagens japonês anuncia lançamento exchange de criptomoedas para julho

Aplicativo de mensagens japonês anuncia lançamento exchange de criptomoedas para julho

631
0
Aplicativo de mensagens japonês anuncia lançamento exchange de criptomoedas para julho

A Line, empresa por trás de um popular aplicativo de mensagens no Japão, anunciou nesta quinta-feira, 28 de junho, a abertura de uma corretora de criptomoedas em julho deste ano.

De acordo com o artigo publicado pela Coindesk, a nova exchange, denominada BitBox, foi revelada durante uma conferência realizada esta semana no Japão. Notavelmente, a exchange não oferecerá serviços para residentes no Japão e nos EUA – um provável aceno às realidades regulatórias de trabalhar nesses mercados.

Em comunicado à imprensa, a Line disse que a corretora operaria puramente com transações de criptografia-criptografia, o que significa que não apoiará, pelo menos por enquanto, as moedas emitidas pelos governos.

A empresa explicou:

“A exchange de criptomoedas BitBox está sendo lançada como parte do negócio de serviços financeiros da Line, prestando serviços globalmente, exceto no Japão e nos EUA. 30 ou mais criptomoedas poderão ser trocadas na BitBox, e ela suportará 15 idiomas excluindo o japonês. Ela suportará a troca entre criptomoedas e não aceitará a troca entre moeda fiduciária e criptomoedas.”

A corretora vai operar com Bitcoin, Bitcoin Cash, ether e Litecoin, entre uma lista de “30 ou mais moedas” que a empresa disse que foram escolhidas “por meio de uma revisão rigorosa de um comitê de listagem composto por especialistas”.

O movimento vem meses depois que a Line lançou uma nova empresa dedicada aos serviços de criptomoedas, indicando, na época, que estava de olho no lançamento de uma exchange.

Sua decisão de excluir o Japão sugere que seu esforço para obter uma licença da Agência de Serviços Financeiros do Japão (FSA, na sigla em inglês) ainda está em andamento, uma vez que divulgou seu pedido em janeiro.

“O processo de inscrição para registro como um conversor de moeda virtual já foi iniciado com a Agência de Serviços Financeiros [FSA], e está atualmente sob revisão”, disse a Line em um comunicado na época.

COMPARTILHAR
Publicitária, planejadora estratégica e entusiasta do universo cripto. Confia nas mudanças que a tecnologia irá trazer para a sociedade.