Início Altcoin AML BitCoin busca prestar esclarecimentos em meio aos receios do mercado

AML BitCoin busca prestar esclarecimentos em meio aos receios do mercado

681
0

O receio em relação ao uso das criptomoedas tem aumentado recentemente. Essas preocupações são geradas, principalmente, pela ansiedade dos governos e dos sistemas financeiros de que o anonimato das moedas digitais, como o Bitcoin e o Ethereum, possa possibilitar que criminosos e terroristas tornem-se uma ameaça à segurança dos sistemas financeiros. Tais preocupações levaram à uma série de reações da comunidade global, que vão desde a discussão e introdução de um maior controle sobre as criptomoedas, até a proibição de corretoras de moedas digitais em alguns países.

Além da China e da Coreia do Sul, o Congresso dos Estados Unidos também está considerando a proibição das corretoras de criptomoedas, localizadas em território norte-americano, que não atenderem aos requisitos de combate de lavagem de dinheiro (AML, na sigla em inglês). Se isso realmente acontecer, o Reino Unido deverá seguir o mesmo exemplo. Isso fará com que o surgimento da AML BitCoin, a única ferramenta de avaliação de conformidade de AML com identificação biométrica incluso no seu código, seja muito oportuno.

Com base nisso, Marcus Andrade, CEO da NAC Foundation, LLC, que criou a AML BitCoin, viajou para Londres para encontrar-se com Adam Afriyie, membro do parlamento londrino, para falar sobre o papel que a AML BitCoin poderia desempenhar para aliviar os receios e facilitar a ampliação do uso do Bitcoin no Reino Unido. Afriyie é presidente do Grupo Parlamentar All Party sobre FinTech, que foi criado para encorajar a discussão da importância da tecnologia financeira para a economia e suas possíveis aplicações. Ele foi o primeiro a abordar o tema Blockchain, tecnologia por trás das moedas digitais, na Câmara dos Comuns do Reino Unido.

O senhor Afriyie ficou impressionado com a forma como a AML BitCoin, ainda com patente pendente, usa a tecnologia para garantir a conformidade com os requisitos do AML e de conhecimento de cliente (KYC, na sigla em inglês). Conversamos sobre a realização de reuniões com as principais partes interessadas e a assistência da NAC em divulgar em seu nome Blockchain e criptomoedas, disse Andrade.

Ele também expressou sua esperança de que o Afriyie e o Grupo Parlamentar All Party sobre FinTech realizem, em breve, uma mesa redonda com deputados, principais interessados e membros da Câmara dos Comuns do Reino Unido, possibilitando à AML BitCoin outra chance de expor as vantagens do seu produto.

Andrade também encontrou-se com o Dr. Robert Barnes, Chefe Global de Mercados Primários, e Antonella Amadei, Chefe Global de Infraestruturas de Desenvolvimento de Mercado, da London Stock Exchange (LSE, na sigla em inglês), bolsa de valores de Londres. Os tópicos discutidos incluíram questões relativas à integração das criptomoedas com as instituições financeiras tradicionais, um tema que tem-se tornado relevante uma vez que as moedas digitais têm crescido rapidamente e a ansiedade e as dúvidas comuns das pessoas do mercado de finanças tem aumentado. Andrade comentou sobre como a AML BitCoin pode ser a solução para o problema. Os líderes da LSE decidiram continuar estudando o tema e disseram que consideram a possibilidade da AML BitCoin talvez poder ajudar nesse sentido.

Siga o Criptomoedas Fácil no InstagramCLIQUE AQUI !!!