Início Notícias Agência global anti-lavagem de dinheiro liberará regras sobre criptomoedas até junho

Agência global anti-lavagem de dinheiro liberará regras sobre criptomoedas até junho

187
0
Agência global anti-lavagem de dinheiro liberará regras sobre criptomoedas até junho

Uma agência global anti-lavagem de dinheiro (AML, no termo em inglês) disse que começará a publicar regras para a regulação internacional sobre criptomoedas até junho de 2019.

Segundo a agência de notícias Reuters, a Força-tarefa de ação financeira (FATF, na sigla em inglês) – o órgão intergovernamental da França fundado em 1989 para desenvolver políticas para combater a lavagem de dinheiro – disse que as jurisdições globais terão de aplicar esquemas de licenciamento ou regulamentos para exchanges de criptomoedas e, possivelmente, provedores de carteiras digitais sob as novas regras. As empresas que oferecem serviços financeiros para ofertas iniciais de moedas (ICOs, na sigla em inglês) também serão incluídas, afirma o relatório.

A notícia vem após a reunião plenária da FATF na última semana com autoridades de 204 jurisdições globais para discutir as regulações envolvendo criptomoedas e outros assuntos.

A Reuters também informa que o presidente da FATF, Marshall Billingslea, designou junho como o mês no qual o grupo começará a publicar suas diretrizes em relação ao tema.

Ele foi citado dizendo:

“Até junho, emitiremos instruções adicionais sobre os padrões e como esperamos que eles sejam cumpridos.”

Conforme relatado em julho, os países membros do G20 (grupo que reúne líderes financeiros das maiores economias do mundo) estavam mirando outubro de 2018 como prazo para a criação de um padrão global anti-lavagem de dinheiro (AML) em torno das criptomoedas.

Com o G20 buscando monitoramento “vigilante” sobre as criptomoedas, a FATF foi chamada para esclarecer como seus padrões de AML existentes poderiam ser aplicados aos ativos digitais.

Em um comunicado divulgado na última sexta-feira, 19 de outubro, o grupo disse que “há uma necessidade urgente de todos os países tomarem medidas coordenadas para impedir o uso de ativos digitais no crime e no terrorismo”.

COMPARTILHAR
Publicitária, planejadora estratégica e entusiasta do universo cripto. Confia nas mudanças que a tecnologia irá trazer para a sociedade.