Início Coluna Barão do Bitcoin A praga das criptomoedas: volumes falsos nas corretoras

A praga das criptomoedas: volumes falsos nas corretoras

1433
0

Neste artigo, vou expor por que acredito que mais de US$ 3 bilhões do volume de todas as criptomoedas sejam fabricados, e como a OKex, a primeira corretora em termos de volume negociado, é a principal transgressora com até 93% de volume não existente. Eu tentarei provar isso analisando dados disponíveis publicamente.

Quando eu comecei a levantar os dados para este artigo, eu não tinha ideia que eu acabaria falando sobre volumes de negociação falsos.

Eu inicialmente queria reunir dados sobre a liquidez dos cripto-ativos, que poderia ser um complemento ao volume. Achei que seria um indicador interessante ao avaliar o valor de um ativo.

Eu decidi que a minha métrica de escolha seria coletar os livros de ordens de compra e venda das principais corretoras para medir quão ruim seria o impacto no preço de mercado de cada criptomoeda no caso de uma venda de US$50 mil. Ao longo deste artigo, vou referir-me a este número como slippage (veja o anexo para uma definição adequada deste termo). Mais tarde, eu refinaria minha métrica de slippage vendendo mais ou menos em cada corretora dependendo do volume processado e alterando o valor vendido em relação à capitalização de mercado da moeda.

Eu esperava que o slippage deveria geralmente ser uma função decrescente do volume, mas que algumas diferenças poderiam aparecer de uma moeda para outra. Afinal, se você tiver um volume gigantesco em um determinado par, deve haver uma concorrência muito alta entre os formadores do mercado para satisfazer os ávidos compradores e vendedores. E esse tipo de competição é a barreira para tornar os livros de ordens mais densos e reduzir os spreads.

Certo?

Bom, no final das contas essa era a tendência óbvia, sim. Mas enquanto eu esperava encontrar leves diferenças entre as moedas, encontrei discrepâncias ridiculamente enormes entre as corretoras. Não é o tipo de diferença que pode ser facilmente ignorada (“oras, veja bem, usuários das corretoras devem se comportar de forma diferente”), mas o tipo de diferença que só pode ser explicada caso alguns números estivessem sendo exagerados em até 95%.

Liderando este grupo está a OKex, atualmente a primeira corretora em termos de volume com US$1,7 bilhão tanto no CoinMarketCap como no LiveCoinWatch.

OKex é uma cidade fantasma

Um pouco de compra e venda casada (wash trading) e volume artificial inflado é de se esperar em um mercado completamente não regulamentado. O que eu não esperava era a magnitude da fraude. Considere o seguinte quadro:

Slippage = f(Volume), OKex, Kraken, Bitfinex, GDAX
Slippage = f(Volume), OKex, Kraken, Bitfinex, GDAX

É uma representação da média de slippage e volume de todos os pares de uma seleção de criptomoedas com um volume diário superior a US$ 100 mil em quatro grandes corretoras: OKex, Kraken, Bitfinex e GDAX, ao longo de 24 horas.

Você pode, por exemplo, ler que o ponto azul na parte inferior direita representa um par da GDAX, com um volume próximo de US$ 200 milhões e um slippage de menos de 0,1%

O gráfico é impressionante. Ele mostra como, embora todas as três primeiras corretoras pareçam se comportar de forma bastante semelhante, todos os pares da OKex, em vermelho, apresentam um slippage maciçamente maior em relação ao seu volume. Como eu expliquei anteriormente, isso só pode significar que a maioria do volume reivindicado pela OKex é completamente fabricado.

Além disso, visando a legibilidade, optei por remover do conjunto todos os dados de slippage acima de 4%. Reintroduzir os dados ignorados nos mostra uma imagem ainda mais absurda do volume na OKex e requer uma escala logarítmica:

Slippage = f(Volume), OKex, Kraken, Bitfinex, GDAX?—?escala logarítmica
Slippage = f(Volume), OKex, Kraken, Bitfinex, GDAX?—?escala logarítmica

Muitos pares, embora ostentem volumes de até US$ 5 milhões, custariam mais de 10% em slippage se você quisesse liquidar apenas US$ 50 mil em ativos. No momento da análise dos dados (06/03/18), esses pares incluíam: NEO/BTC, IOTA/USD, QTUM/USD. Ativos dificilmente ilíquidos ou discretos.

Embora esses números sozinhos me provem sem dúvida de que uma maioria sufocante do volume OKex é falso, eu não tinha testemunhado em primeira mão como eles implementaram isso. Então, entrei em na plataforma e olhei para o histórico de negociações de alguns pares. E, de fato, eles falsificam seu volume de uma forma risível, óbvia e artificial:

Volume = $1 bilhão * sin ( período )
Volume = $1 bilhão * sin ( período )

Compare esse volume sinusoidal perfeitamente limpo e absurdamente consistente com o que acontece em uma corretora real:

A Poloniex é geralmente bastante líquida em todos os pares, apesar dos volumes diminuírem desde agosto de 2017. Spikes, fundos, efeito bola de neve sobre maior volatilidade. Não é um gráfico de um osciloscópio do ensino médio.

“Mas é o ciclo do dia e da noite na China!”. Eu não acredito que se possa enaltecer os engenheiros da OKex. Eles realmente refletiram sobre maneiras de fazer o wash trading menos conspícuo do que um fluxo constante e direto de trades, mas tudo o que eles puderam criar foi uma onda sinusoidal perfeita.

Quão ruim é isso?

É tão óbvio que a maioria do volume da OKex é criado, como podemos avaliar se é 90%, 95% ou 99% falso? Proponho o seguinte método:

  • Reúna uma lista de corretoras confiáveis ??que se comportam de forma consistente a esse respeito
  • Execute uma regressão em seus conjuntos de dados combinados, de modo a poder prever um volume de pares de negociação a partir de um slippageobservado
  • Compare os números de volume reivindicados pela OKex versus os números de volume estimados como previsto pelo nosso modelo.

Para esse efeito, usei dados das seguintes corretoras: Bitfinex, GDAX, Poloniex, Bitstamp, Gemini e Kraken. Dada a volatilidade do conjunto de dados em volumes mais baixos, também decidi mudar a métrica que usei: em vez de uma venda a mercado de US$50 mil, simulei US$20 mil.

Aqui estão os dados das corretoras confiáveis, desta vez mostrando o volume como uma função do slippage:

Volume = 4.4/slippage?—?5.5
Volume = 4.4/slippage?—?5.5

Observe que devido a dados extremamente voláteis, qualquer modelo torna-se absurdo quando o slippage excede 0,7%. O proposto acima é o melhor ajuste que eu criei para slippages abaixo de 0,7%. Sobre este limiar, a única suposição razoável é que o volume esperado é provavelmente inferior a US$ 1 milhão.

Como você pode ver ao inserir dados da OKex no gráfico acima, algo definitivamente não está certo:

Dos 28 pares de moedas selecionadas com volumes acima de US$ 100 mil, apenas 11 têm um slippage abaixo de 0,7%. Elas são as seguintes:

Dados da OKex data e volume falso % estimado
Dados da OKex data e volume falso % estimado

A proporção total de volume falsificado nesses pares seria, de acordo com este modelo, um escalonamento de 93,6%. Os pares descartados (slippage > 0,7%) não alterariam significativamente esse número de uma maneira ou outra.

Provavelmente, a regressão que usei não poderia ser muito precisa em volumes muito altos, por falta de um conjunto de dados robusto. Parece justo, então, descartar o par BTC/USD. Ainda assim, o número permanece ridiculamente alto: cerca de 92,9% do volume da OKex é provavelmente fabricado.

Huobi, a vice-campeã

Semelhante à OKex, a Huobi encerrou as operações após a repressão regulatória da China, e depois reabriu com o nome de Huobi.pro. Seguindo a mesma metodologia, aqui estão os resultados:

Dados da Huobi e volume falso % estimado
Dados da Huobi e volume falso % estimado

81,8% de volume inventado, não tão vergonhoso quanto o concorrente mais direto, mas ainda extremamente alto.

Um rápido olhar para a história de negociação confirma facilmente que, embora o volume apareça muito, muito mais orgânico do que da OKex, ainda existe um forte cenário de wash trading:

Volumes legítimos não mantêm nenhum tipo de base constante

A armada chinesa das enganações

Você pode ou não ter notado, mas o CoinMarketCap recentemente listou uma série de corretoras de negociação chinesas que possuem volumes de negociação bastante elevados, mas, de alguma forma, ninguém nunca ouviu falar delas. A maioria obviamente compartilha a mesma interface de usuário e plataforma de negociação.

Entre elas, mas definitivamente não limitado a estas, estão nomes como: LBB, Exx, RightBTC, CoinEgg, Zb, BitZ, Bibox, CoinEx, BTC-Alpha …

Essas plataformas estão tão flagrantemente fingindo seus volumes que nem sequer merecem ser analisadas: basta ir e dar uma olhada você mesmo. É uma desgraça absoluta que o CoinMarketCap e o LiveCoinWatch listem esses escamudos ao lado de corretoras legais.

HitBTC e Binance

Por uma variedade de razões, tive suspeitas de dois líderes no mercado das altcoins, HitBTC e Binance. Veja como elas se comparam ao nosso conjunto de corretoras “respeitáveis”:

HitBTC & Binance versus referência
HitBTC & Binance versus referência

É fácil ver que, para um determinado volume, ambas as corretoras, especialmente a Binance em laranja, aparecem significativamente menos líquidas e, como tal, suspeitas.

Executando a mesma análise que fizemos para a OKex e Huobi, chega-se aos seguintes resultados. Primeiro para HitBTC:

Dados da HitBTC e volume discrepante previsto
Dados da HitBTC e volume discrepante previsto

Esses números não podem ser considerados significativos. Embora provem que a HitBTC é um pouco menos líquida do que as corretoras de referência, uma pequena diferença entre volumes reivindicados e re-estimados pode ser resultado de uma série de razões, incluindo mera variação.

Os resultados de Binance são, porém, mais intrigantes:

Dados da Binance e volume discrepante previsto
Dados da Binance e volume discrepante previsto

Uma diferença de 70% em relação à nossa previsão matemática é preocupante. Mas serve para lembrar que a entrada do modelo é o slippage em um determinado par de negociação, o que não é inteiramente endógeno ao volume total.

Na verdade, eu sei por ter experimentado de primeira mão que a Binance tem uma política bastante restritiva quando se trata de negociação de API. Passei algum tempo argumentando como eu acreditava que tais regras fossem completamente estúpidas, pois apenas prejudicariam o crescimento das negociações e da liquidez.

Realmente, devido a essas regras comerciais restritivas, é bem provável que muitas pessoas que executem estratégias de formação de mercado em diversas corretoras fiquem relutantes em implementar as mesmas estratégias na Binance, pois eles seriam constantemente proibidos sem saber quais os limites reais que eles não deveriam ter cruzado.

Com menos formadores de mercado profissionais, é fácil ver como os livros de ordens se tornam mais finos e o modelo aqui introduzido pode estar completamente errado. No entanto, poderia servir bem para manter o olho no volume reivindicado pela Binance no futuro, embora ao inspecionar seu histórico de volume não há sinais de nenhuma atividade suspeita óbvia.

Embora eu não tenha praticamente nenhuma dúvida sobre as minhas reivindicações, os números não devem ser tomados no valor nominal. Aqui estão algumas razões do porquê:

  • Como eu mencionei sobre a Binance, as condições da API são importantes. Eu poderia facilmente ver uma API mais bem feita melhorando a liquidez em dada corretora.
  • As taxas também podem ser importantes. Taxas mais elevadas significam que os formadores de mercado têm menos incentivos para superar a si mesmos e reduzir os spreads.
  • Eu só colhi uma amostra média de 24h e não me preocupei em controlar a variação. Eu não sou acadêmico ou estatístico, mas parece que a maioria dos resultados deve ser bastante robusto. Sinta-se à vontade para discutir de forma diferente.
  • Iceberg e ordens escondidas. Algumas das corretoras inspecionadas podem oferecer aos usuários a possibilidade de ocultar suas ordens de limite. No entanto, uma vez que a Bitfinex também oferece esses recursos e, no entanto, se comporta muito em linha com o resto das minhas “corretoras de referência”, acredito que é seguro descartar principalmente o efeito sobre a liquidez observada.
  • Diferentes bases de consumidores podem se comportar de forma diferente em diferentes corretoras, embora, a partir da minha experiência pessoal de algo-trading, isso tende a ser anedótico na melhor das hipóteses.

Por que eu deveria me importar?

Alguém pode argumentar que “uma vez que não é um mercado regulamentado nem sequer é ilegal, por que eles não devem fazer o que eles querem?”, e essa pessoa estaria errada. Precisamente porque o mercado não é regulado, a responsabilidade cabe aos próprios atores do mercado. Espalhar a conscientização e boicotar as corretoras que subscrevem esta prática é o mínimo que podemos fazer.

Alguém poderia argumentar “bem, eles não estão machucando ninguém”, e essa pessoa estaria errada. Em primeiro lugar, inflando seu volume, eles se posicionam de uma maneira que poderia permitir que eles fraudem investidores ingênuos. Mais importante ainda, se você não é ingênuo, tampouco um investidor de risco, eles podem ter e eles têm um impacto em algumas avaliações de criptomoedas. Litecoin e Bitcoin Cash, notavelmente, tiveram até 75% de seu volume circulando em uma ou outra dessas corretoras. A OKex sozinha, consistentemente, representa mais de 30% do volume dessas criptomoedas.

O estado dos mercados de Bitcoin Cash no dia da sua última queda.

Ao exibir volumes principalmente artificiais, essas moedas parecem mais atraentes para os traders, pois parecem atrair muito mais atenção do que realmente deveriam (o volume é um bom antídoto para a volatilidade). Além disso, a conclusão consistente de wash trades na parte superior de um spread de suporte pode induzir as pessoas a geralmente sobrevalorizarem a moeda de alguma forma.

As corretoras antiéticas também são suscetíveis de atrair mais clientes que as corretoras éticas que teriam mais volume e liquidez reais, e poderiam permitir que os usuários negociassem mais rápido e/ou pagassem por menos slippages!

Finalmente, se envolver em wash trading, se não estritamente ilegal, poderia muito bem ser um preditor de comportamento futuro desagradável e deveria encorajar todos os usuários a terem cuidado extra.

Conclusão

Pelas minhas contas, mais de US$ 3 bilhões de dólares no volume diário são inexistentes. Possivelmente mais. No entanto, ainda assim, essa prática é, se não encorajada, pelo menos completamente ignorada pelos agregadores de dados populares e a maioria de seus usuários, quando tudo o que realmente deveriam fazer é dar uma olhada para descobrir que algo está errado.

Os cripto-ativos estão em um mercado com tendência de baixa dramática no momento, seguindo o frenesi de 2017. É minha convicção que o crescimento não pode continuar até que tenhamos alcançado um ambiente de negociação saudável o suficiente. A capitalização de mercado do ecossistema e a conscientização ultrapassaram o ponto o qual poderíamos permitir uma manipulação tão flagrante.

“Crypto não precisa de regulação!”, todos afirmamos. Já demoramos para provarmos isso. Porque, como está, o estado do mercado cripto é sem dúvida um testemunho do fracasso do mercado livre.

ArtPlay (Me siga @ArtPlaie no Twitter)
—?—?—?—?—?—?—?—?—
Anexo

Minha definição de slippage é realmente um pouco imprópria. Eu defino o slippage como a variação percentual entre o preço de spread médio observado e o preço mais baixo que eu tive que consentir em vender o ativo.

Para aqueles que desejam explorar os dados que coletei, aqui estão os dados bruto na planilha1 (sheet1):

Usei a biblioteca CCXT Python para fins de compilação dos dados: https://github.com/ccxt/ccxt

Finalmente, não incluí todas as corretoras que acredito que estejam inflando volumes. De bate pronto, simplesmente olhando gráficos de histórico de negociação, Tidex, Liqui e Wex são todas culpadas em uma extensão não quantificada (não quantificada, mas provavelmente alta). Muito provavelmente muitas outras. Investigar os futuros contratos da OKex, se possível de alguma maneira, também pode gerar surpresas interessantes, pois também reivindicam enormes volumes de futuros.

A corretora popular Bittrex é absolutamente limpa. O melhor que posso dizer é que as corretoras Cryptopia e Kucoin também são (com uma sombra de dúvida sobre essa última, pois eu sei com certeza que ela começou a sua atividade com uma tonelada de wash trading muito óbvia)

Por falta de dados, não explorei a maioria das corretoras coreanas. Bithumb parecia bom, mas eu teria que verificar novamente. Nenhuma ideia sobre Coinnest ou Upbit.

Disclaimer

Este artigo foi escrito por Sylvain Ribes e traduzido com a autorização do autor. O link original pode ser encontrado aqui.

As opiniões apresentadas neste artigo e quaisquer erros aqui apresentados são de inteira responsabilidade do autor. Este artigo é apenas para fins informativos. Não se destina a ser conselho de investimento. Procure um profissional devidamente licenciado para obter conselhos de investimento.

loading...