Início Notícias 1.500 caixas eletrônicos de Bitcoin serão implantados na Argentina em resposta à...

1.500 caixas eletrônicos de Bitcoin serão implantados na Argentina em resposta à inflação desenfreada

616
0
1.500 caixas eletrônicos de Bitcoin serão implantados na Argentina em resposta à inflação desenfreada

De acordo com a publicação da agência de notícias News BTC, a Athena Bitcoin, empresa sediada nos EUA, especializada no desenvolvimento e operação de caixas eletrônicos com criptomoedas, lançou o primeiro da Argentina há apenas um mês, na capital do país, Buenos Aires.

Outra empresa norte-americana, a Grupo Odyssey, disse que dos 150 caixas eletrônicos que pretende instalar na Argentina até o final do ano, 80% estarão em operação nos primeiros meses de 2019.

A Athena Bitcoin já opera 12 caixas eletrônicos na Colômbia, e também um filho único no México. No futuro, a empresa pretende desenvolver ainda mais suas operações no México e também expandir suas operações para o Chile e para o Brasil. Um porta-voz da empresa disse que as máquinas – que atualmente só permitem que os clientes façam transações com Bitcoin – serão modificadas no futuro para permitir transações em outras moedas, como Litecoin, Ethereum e Bitcoin Cash.

A Argentina é um local ideal para os caixas eletrônicos de Bitcoin porque a inflação de sua moeda nacional – que perdeu mais de 50% de seu valor em relação ao dólar até agora em 2018 – deverá ultrapassar 40% até o final do ano.

A partir da perspectiva da Athena Bitcoin, essa situação econômica infeliz apresenta uma enorme oportunidade de crescimento para o setor de criptomoedas, conforme observado pelo gerente de operações da empresa na Argentina, Dante Galeazzi:

“Hoje, os caixas eletrônicos de criptomoedas no mundo estão crescendo exponencialmente. Na Argentina, não havia caixas eletrônicos comerciais e a ideia era ser a primeira a conquistar o mercado.”

Em contraste com as máquinas da Athena Bitcoin, que só permitem que os clientes comprem e vendam moedas digitais, os caixas eletrônicos do Grupo Odyssey também poderão realizar transações bancárias tradicionais, incluindo depósito e retirada de dinheiro e transferência de dinheiro entre contas. Esses caixas eletrônicos serão operados pela Octagon, uma empresa pertencente ao Grupo Odyssey, e daqui um ano eles pretendem instalar cerca de 1.600 caixas eletrônicos de Bitcoin no país, segundo o gerente geral Begona Perez De Solay.

Esta proposta de aumento do número de caixas eletrônicos de Bitcoin não se limita apenas ao hemisfério sul, uma vez que os caixas eletrônicos de Bitcoin estão cada vez mais sendo vistos em muitas grandes cidades nos EUA.

Nos próximos 15 meses, enquanto os caixas eletrônicos da Athena e da Odyssey introduzem criptomoedas a um número cada vez maior de consumidores em todo o mundo, as autoridades provavelmente tentarão recuar dizendo que as moedas e caixas automáticos podem ser usados ​​para lavar dinheiro e / ou esconder fundos ilícitos.

COMPARTILHAR
Publicitária, planejadora estratégica e entusiasta do universo cripto. Confia nas mudanças que a tecnologia irá trazer para a sociedade.
Siga o Criptomoedas Fácil no InstagramCLIQUE AQUI !!!