domingo , 19 fevereiro 2017

Arquivos de Tag: Okcoin

Banco Central da China Avisa que Continuarão as Inspeções nas Exchanges Chinesas

Após ter encontrado “irregularidades” em processos operacionais nas principais Exchanges no país, o Banco Central da China (PBOC), já anunciou que as suas inspeções vão continuar.

Confira atambém: Banco Central da China encontra irregularidades nas Principais Exchanges de Bitcoin

Comunicado oficial do Banco Central da China

Em um comunicado divulgado hoje, a filial do Banco Popular da China em Pequin, declarou que vai continuar com as inspeções nas exchanges de bitcoin, após as conclusões preliminares que ocorreu a semana atrás.

Na época, o PBOC Pequim tinha comunicado que OKCoin e Huobi,  as duas principais exchanges com sede em Pequim não tinha seguido as normas anti-lavagem de dinheiro, o que segundo a instituição é um requisito que deveria constar dentro em suas plataformas.

Confira também: OKCoin Afirma que é a Favor de Regulamento do Bitcoin na China

Essas descobertas, entre outros “problemas encontrados” levou o  PBOC Pequim divulgar  o seguinte comunicado:

De acordo com a inspeção inicial e os problemas encontrados, o grupo de inspeção decidiu continuar a se concentrar em áreas de pagamento e liquidação, anti-lavagem de dinheiro, gestão de divisas, informações e segurança financeira e outros aspectos de inspeção adicional. Os pesquisadores também sugerem que os investidores devem prestar atenção às transações e atividades da plataforma, tais como conformidade legal, volatilidade de mercado, segurança financeira e entre outros riscos, com participação cuidadosa nas atividades de investimento sobre bitcoin.  PBOC Pequim.

Ainda é desconhecido se as inspeções vão continuar nas Exchange  OKCoin e Huobi especificamente ou se eles incluíram BTC China em Xangai.

Mudanças nas exchanges

Uma série de mudanças relacionadas as atividades comerciais e operacionais das principais bolsas bitcoin chineses já foram feitas, uma vez que o PBOC se envolveu em 6 de janeiro. Dentre as mudanças são a suspensão de negociação de margem trade pelas plataformas e da inclusão de taxas sobre as novas negociações que passar a valer desde o dia 24/01/2017.

Confira também: BitCache e a Volta das Taxas em Transações de Bitcoin na China

Compre e Venda bitcoins de maneira rápida e segura na maior bolsa de bitcoins da América Latina: https://foxbit.com.br

Comunicado na íntegra: Inspeção na exchanges de bitcoin, plataforma de negociação continuará

Você acredita que a inspeções do PBOC tem influenciado no preço do bitcon nos últimos dias? O que espera daqui para agora?

Exchanges Chinesas Podem voltar a Cobrar Taxas nas Negociação de bitcoin

Tudo parece que as exchanges Chinesas, estão evoluindo na direção certa.

As exchanges chinesas de Bitcoin operaram sempre com a promessa de não cobrar taxas nas negociações. Além  disso, a maioria das plataformas  conseguiu um monte de dinheiro sobre negociações de margin trade.

Fim das negociações Margin Trade.

Agora que a maioria das exchanges, já não oferecem negociação de margin trade de alto valor, eles estão vendo sua grande fonte de receita desaparecer. É provável que muitas dessas plataformas vão voltar a cobrar taxas de negociação nas próximas semanas.

Em nota publicada em seu site a BTCC, afirmou o seguinte:

A BTCChina deixou de oferecer serviços de empréstimo de margin trade, devido a recente volatilidade extrema no preço do bitcoin. Estamos tomando esta decisão visando reduzir a manipulação e  a volatilidade do mercado, a BTCChina também está considerando cobrar taxas de negociação, como é o caso que ocorre em outras exchanges. Manteremos os clientes informados de quaisquer alterações. BTCChina.

Operar com taxas de negociação de 0%, não era esperado para ser uma solução de longo prazo para as exchanges chinesas. A China é uma das poucas regiões do mundo onde oferece esse modelo de negócio. Afinal, as plataformas poderiam oferecer margem de alavancagem em negociação bitcoin, e tomar um corte substancial desses montantes. Essa situação tem vindo a mudar nos últimos tempos, graças ao PBOC.

Confira também:  Banco Popular da China faz Alerta sobre Volatilidade do Bitcoin

Ações do Governo Chinês

Desde o início de 2017, o Banco Popular da China, realizou inspeções nas principais exchanges de Bitcoin, para conhecer como eles estavam operando no país – Até o momento nenhum relatório oficial foi divulgado pela instituição.

Essas ações do Governo chinês sobre as principais exchanges, gerou maior furdúncio pela mídia, chegando a assustar os investidores sobre possíveis proibições do Bitcoin.

Por outro lado, a OKCoin, após reuniões com o próprio BPC, declarou que está aberto para qualquer medida que o governo vem a tomar a favor do bitcoin.

Confira: OKCoin Afirma que é a Favor de Regulamento do Bitcoin na China

Mais uma vez a BTCC China voltou a afirmar, que não recebeu qualquer declaração oficial dos reguladores, e alerta todos os clientes a terem uma visão mais ampla e cautelosa das notícias que especulam sobre a visita e as discussões.

Todas as operações na BTCC são normais e continuamos a trabalhar ativamente com os reguladores para garantir que continuemos em conformidade.

De acordo com a CNR, é possível que as exchanges chinesas cobrem taxas de negociação. Por enquanto, não está claro se é que isso vai acontecer.

Confira também: Banco Central da China encontra irregularidades nas Principais Exchanges de Bitcoin

Não há nenhuma indicação quanto ao nível de taxas que podemos esperar – Hoje a maioria das exchanges internacionais cobrar uma taxa de 0,15% em cada comércio, que irá diminuir, dependendo do volume que o usuário gera.

O que você acha sobre essas mudanças no mercado do Bitcoin na China? – Deixe seu comentário !

Compre e Venda bitcoins de maneira rápida e segura na maior bolsa de bitcoins da América Latina: https://foxbit.com.br

Banco Central da China encontra irregularidades nas Principais Exchanges de Bitcoin

O Bitcoin começou a cair o preço mais uma vez na quarta-feira depois que as autoridades chinesas afirmaram que as bolsas “estavam violando regras”.

A divisão de gestão de negócios do People’s Bank of China (PBOC), teria divulgado os resultados de uma inspeção previamente anunciada sobre as plataformas de negociação bitcoin.

Em relatórios hoje, o banco central diz  ter encontrado irregularidades nas operações de grandes Exchange Bitcoin como  BTCC, Huobi e OKCoin, e que acreditam foram responsáveis pelas últimas oscilações de preço bitcoin nas últimas semanas.

Confira também:  Bitcoin: China supera Nova York e Vale do Silício em  Fintech

Especificamente, o relatório concluiu que as empresas estavam a realizar atividades de margin trading, embora nenhum detalhe sobre quaisquer punições foram emitidos.

Os relatórios, por fonte de notícias com base em China Hexun e Jiefang Daily, acrescentam que as plataformas também estavam operando fora das normas contra a lavagem de dinheiro.

O PBOC alertou aos investidores sobre os riscos de compra de bitcoin, que o considera um produto sob a lei chinesa como um “bem virtual”.

Confira também: Banco Popular da China faz Alerta sobre Volatilidade do Bitcoin nos últimos dias

Em declarações, os membros da comunidade bitcoin da China (talvez sem surpresa) procuraram minimizar as descobertas.

Eric Zhao, engenheiro da Academia Chinesa de Ciências, disse à CoinDesk que o resultado era “esperado”, embora reconhecesse que os relatórios não fornece muitos detalhes.

O fundador da empresa de mineração Bitcoin, com sede na China, Eric Mu, comentou da mesma forma, ridicularizando os relatórios como “nada de novo”.

Confira também: OKCoin Afirma que é a Favor de Regulamento do Bitcoin na China

A notícia chega quase duas semanas depois que os relatórios vieram à tona, em primeiro lugar, de que o BPOC realizou reuniões com as principais exchanges, um desenvolvimento que se seguiu a um rápido aumento no preço do bitcoin no início de 2017.

Até o momento, apenas a BTCC tinha emitido uma resposta formal através da sua linha conta no Weibo .

“O BTCC continuará a cooperar ativamente com o banco central e seus departamentos associados e realizar retificações.” Atualmente, o BTCC está operando normalmente”, disse a exchange.

CEO Bobby Lee, não confirma ou nega qualquer das conclusões, mas declarou a CoinDesk que ele está ansioso para os resultados do relatório para determinar como o mercado pode melhorar e  avançar de acordo com a orientação do governo.

Ele afirmou:

“Estamos abertos a todas as idéias e modificações.”

Fonte: Coindesk

Qual sua opinião sobre o posicionamento do governo Chinês em relação ao bitcoin?

Compre e Venda bitcoins de maneira rápida e segura na maior bolsa de bitcoins da América Latina: https://foxbit.com.br

Ações do Governo Chinês Podem Reduzir a Volatilidade do Bitcoin

O Melhor Ativo em Valorização de 2016

A criptomoeda cujo o preço tinha cruzado a marca histórica dos US$1100 começou a perder força, oscilando algo em torno dos US$767. A queda veio depois de alguns alertas recentes no mercado chinês.

Confira também: Venezuela e Chile registram recordes em transações Bitcoin

Saída de Capital

Saida de Capital

Após a queda inicial, impulsionada por um desempenho positivo de curto prazo do yuan chinês, o governo decidiu “visitar” as plataformas de Criptomoedas. A visita veio em meio a alegações que Bitcoin tem sido usado para saída de capital do país.

A comunidade cryptocurrency acreditava que as regulamentações rigorosas estavam no comércio, fazendo com que eles se vende-se, causando Panic Sell.

Confira também:  Banco Popular da China faz Alerta sobre Volatilidade do Bitcoin nos últimos dias

Regulamento para Bitcoin

O governo chinês parece estar pensando cuidadosamente sobre os regulamentos. Visto o potencial inerente à criptografia e a base de usuários existente no país, o governo decidiu implementar certas medidas para assegurar os interesses dos investidores.

O próprio Banco Popular da China já está considerando a possibilidade de atribuição de depositários a terceiros para os mercados Bitcoin. Ao mesmo tempo, o banco central também realizou inspeções nas principais bolsas Bitcoin no país, incluindo BTCC, Huobi e OKCoin.

Os relatórios sugerem que as inspeções fossem realizadas para investigar se as plataformas desobedeceram quaisquer regras existentes, incluindo manipulação de mercado, lavagem de dinheiro ou financiamento não autorizado. O relatório completo do BPC sobre essas inspeções ainda não foi divulgado.

Confira também: OKCoin Afirma que é a Favor de Regulamento do Bitcoin na China

Limitar Negociações

Enquanto isso, Huobi diz ter limitado sua negociação de margem tranding de 10 milhões de yuans para 100.000 yuan. O movimento por parte de Huobi é esperado minimizar a volatilidade de Bitcoin limitando volumes e exposição ao risco. Isso impedirá as pessoas de negociar indiscriminadamente, também protege-los de enormes perdas devido à volatilidade.

Enfim, todas as medidas tomadas pelas autoridades chinesas parecem estar em acordo com a sua intenção de exercer mais controle sobre as moedas digitais sem a proibir. A China é um mercado líder Bitcoin, protegendo os interesses dos investidores.

Todos esses fatores podem se tornar positivos para o Bitcoin.

Compre e Venda bitcoins de maneira rápida e segura na maior bolsa de bitcoins da América Latina: https://foxbit.com.br.

OKCoin Afirma que é a Favor de Regulamento do Bitcoin na China

O CEO disse que o desenvolvimento de um quadro regulamentar com base em um diálogo construtivo entre as autoridades governamentais e participantes da indústria traria muitos benefícios para o ecossistema da moeda digital, a exemplo do Bitcoin.

Declarações da OKCoin

Em declarações emitidas pelo CEO da OKCoin, Star Xu, ele afirmou que o conselho de administração da empresa está aberta ao governo e ao Banco Popular da China (People’s Bank of China – PBC), para projetar ou implementar regras legais mais específicas para acompanhar as atividades comerciais relacionadas com o bitcoin.

Confira também: Banco Popular da China faz Alerta sobre Volatilidade do Bitcoin nos últimos dias

Possível regulamentação

Por sua vez Xu afirmou que os rumores de que Bank of China pode estar criando uma lei para regular mais estritamente aos serviços de câmbio para melhorar a segurança das operações, está possível lei não têm bases reais, mas que discussões que foram tocadas sobre este assunto não foram além do nível teórico.

Este foi apenas uma ideia que foi proposta ao debate. Acreditamos que a questão é de vital importância para melhorar a proteção dos consumidores e promover um crescimento saudável a longo prazo”. CEO da OKCoin, Star Xu.

De acordo com dados do portal Bitcoinity, OKCoin ocupa o segundo lugar entre os serviços de troca Bitcoin, maior no país asiático, apenas ficando atrás em volume de operações da BTCC.

Críticas sobre o People’s Bank of China – PBC

Para críticos da indústria, afirma que o banco busca impedir que milhares de pessoas que foram afetadas pelas condições econômicas, voltem para a moeda digital como um meio para proteger suas economias, o que poderia afetar a economia local por causa da desconfiança dos cidadãos nas instituições financeiras.

Uma coisa é certa, é inevitável uma regulamentação por parte de algum país, o problema é como isso será implantado e como será aceitação por parte da comunidade.

Compre e Venda bitcoins de maneira rápida e segura na maior bolsa de bitcoins da América Latina: https://foxbit.com.br

Banco Popular da China faz Alerta sobre Volatilidade do Bitcoin nos últimos dias

O Banco Popular da China (PBOC) se reuniu esta semana com importantes exchanges de Bitcoin em Pequim e Xangai. Representantes do BPC em Pequim reuniu-se com OKCoin e Huobi enquanto representantes do BPC em Xangai reuniu-se com BTCC .

Declarações sobre investimentos em bitcoin na China

Na noite de sexta-feira, 6 de janeiro, na China, os escritórios do PBOC em Pequim e Xangai emitiram declarações sobre as reuniões, destacando que o “preço recente da bitcoin é altamente volátil” e que o banco encoraja as bolsas a “operar estreitamente de acordo com as leis e regulamentos da China para realizar auto análises com base em leis relacionadas e corrigir eventuais irregularidades.”

As declarações também alertou os cidadãos a “investir ciente em bitcoin e, assim, suportar os possíveis riscos por conta própria.

Principais Exchanges na China

A Huobi, OKCoin e a BTCC hoje representam 90% do volume global em negociação de Bitcoin e viram os preços perto dos máximos históricos nas últimas 36 horas antes de caírem drasticamente.

As declarações completas do PBOC podem ser encontradas abaixo.

Declaração da Huobi

Zhu Jiawei, COO da Huobi, deu a seguinte declaração:

Huobi conduzirá a auto-inspeção de acordo com exigências do PBOC e outras autoridades, e leis e regulamentos. Huobi também pretende estabelecer uma associação da indústria com outras empresas para promover a autodisciplina e a formação de padrões da indústria.”

Jiawei também acrescentou avisando que “os investidores devem controlar o risco, porque bitcoin é um produto de investimento com alto risco, negociado 24/7 e sem limitação sobre a flutuação de valor”.

A BTCC também confirmou a reunião com o PBOC e emitiu a seguinte declaração:

“BTCC se reuniu recentemente com o PBOC e trabalhamos em estreita colaboração com eles para garantir que estamos operando de acordo com as leis e regulamentos da China. Como a mais antiga bolsa em circulação do mundo, sempre respeitamos as políticas de AML / KYC e continuamos a cumprir todos os regulamentos vigentes na China. O boletim de imprensa apresentado por PBOC hoje esboça que há uma volatilidade significativa no comércio de bitcoin, como já foi citado em um aviso em 2013, dizendo que bitcoin é um bem virtual e não tem status de curso legal. Todos os nossos usuários devem estar cientes das políticas atuais sobre bens virtuais, bem como os riscos envolvidos na negociação em mercados voláteis.”

A OkCoin, ainda não se pronunciou sobre a reunião com Banco Popular da China, em seu blog e redes sociais não há nenhum comunicado ou alerta sobre a queda do bitcoin nesses últimos dias.

Curiosamente, o preço de bitcoin atingiu 8.888 CNY. O oito é considerado o número da sorte na cultura chinesa e parece ter sido um ponto de lucro para muitos investidores.

Por fim, o que o Banco Popular da China afirma não há nada de novo, em relação a suas declarações anteriores,o fato de que o PBOC está fazendo declarações públicas sobre bitcoin e reafirmando seu próprio compromisso de garantir a integridade operacional das casas de câmbios no país poderia ser interpretado como um reconhecimento da viabilidade crescente do bitcoin.

Compre e Venda bitcoins de maneira rápida e segura na maior bolsa de bitcoins da América Latina: https://foxbit.com.br