quarta-feira , 18 janeiro 2017
1xBit

Arquivos de Tag: criptomoedas

Conheça 5 Cursos de Universidades sobre a Tecnologia Bitcoin

curso bitcoin
Ganhar uma melhor compreensão do Bitcoin e do ecossistema das criptomoedas pode ser uma tarefa assustadora. É natural ficar sobrecarregado com todas as informações, e encontrar o ponto de partida certo para sua busca não é fácil. Felizmente, existem alguns cursos sobre Bitcoin que nós podemos aproveitar. A maioria desses esforços se concentra no público dos EUA, mas o reconhecimento internacional vem ganhando força.

#5 DUKE UNIVERSITY

Em 2014, a Duke University foi uma das primeiras grandes universidades dos EUA a lançar um curso sobre moedas digitais e Bitcoin. Sob o nome de “Innovation and Cryptoventures“, este curso foi ministrado em dois períodos em 2015. Em 2016, o curso foi executado novamente, embora ainda não esteja claro se vamos ou não ver outro destes em 2017. Se houver demanda para isso, fica difícil imaginar um motivo para que a Duke University não ministre novamente.

#4 PRINCETON

O curso de Princeton sobre Bitcoin é chamado de “Bitcoin and Cryptocurrency Technology”. Este curso pode ser feito através do Coursera, uma plataforma educacional bem conhecida. Este curso em particular foi transformado em um fomato de livro, que pode ser comprado na Amazon a um preço bastante acessível. Vale a pena conferir para obter uma melhor compreensão do Bitcoin, o blockchain, e tudo o que rodeia o ecossistema das criptomoedas. O curso está disponível na plataforma do Coursera, e uma nova “sessão” vai começar em 23 de janeiro.

Leia também: Banco Central da Rússia Diz Que Não Irá Banir o Bitcoin.

#3 STANFORD UNIVERSITY

Semelhante às outras duas universidades, Stanford lançou seu curso sobre a tecnologia Bitcoin e blockchain há alguns anos. Nomeado “Bitcoin Engineering“, este é um dos poucos cursos integrais de Bitcoin disponíveis hoje. Seu foco principal é a construção de aplicativos habilitados para bitcoin, bem como o desenvolvimento de outros programas que irão fortalecer o ecossistema. É provável que uma versão MOOC deste curso será disponibilizado mais tarde em 2017, de acordo com o site da Stanford.

#2 NEW YORK UNIVERSITY

A New York University começou a ministrar cursos de moedas digitais em 2014. Ao contrário das outras universidades, NYU concentra-se mais no lado legal com seu curso. Várias altcoins foram destacadas durante este curso também, o que deu as pessoas uma ideia de quão vasto o ecossistema de criptomoedas é.

Em 2015, NYU adicionou um novo curso, chamado “Digital Currency: Revolution in Money and Payments“. Como seria de se esperar, o objetivo principal é dar aos participantes uma visão geral das moedas digitais, bem como sistemas de pagamento móvel. Existe também um grande foco na tecnologia blockchain, regulação e avaliação das chances de sucesso do Bitcoin no longo prazo. Por enquanto, não há mais data para esta classe, embora dependa fortemente de quantas pessoas estejam interessadas e dispostas a pagar o custo de U$3.800.

#1 UNIVERSITY OF NICOSIA

Talvez o curso mais proeminente, é o oferecido pela University of Nicosia. Na verdade, eles são os únicos a oferecer um mestrado em moedas digitais, que age como qualquer outro diploma universitário pode-se dizer. Além disso, é possível fazer este curso através de uma plataforma on-line. Mais de 5.000 alunos matriculados para o curso grátis online ao longo dos anos, e espera-se que o número continue crescendo ao longo do tempo.

Leia também: Casa de câmbio indiana promoverá alianças estratégicas para adoção do bitcoin.

Compre e Venda bitcoins de maneira rápida e segura na maior bolsa de bitcoins da América Latina: https://foxbit.com.br

Bitcoin: Como Proteger a sua Privacidade e Segurança Online

Hoje privacidade online e a proteção de dados digitais é um fator muito importante. Privacidade se aplica a usuários bitcoin, ainda mais porque eles estão armazenando riqueza no mundo digital. Os governos, hackers e grandes empresas, estão todos os dias coletando dados privados de cidadãos globais, mas há muitos passos que você pode seguir para se proteger.

Maior segurança com Criptomoedas

Para aqueles que utilizam Criptomoedas na web, a segurança é uma parte integrante de armazenar ativos digitais. Hackers estão ganhando acesso à riqueza dessas pessoas todos os dias, o roubo por Criptomoedas tornou-se mais comum os atacantes usam métodos de engenharia social para roubar fundos dessas pessoas online.

Confira também: Como guardar seus bitcoins com segurança

Armazenamento frio (Cold Storage)

Usando as práticas de armazenamento a frio, é uma excelente maneira de manter os intrusos fora de seus ativos digitais. Bitcoin e altcoins podem ser armazenados off-line usando um simples pedaço de  papel, carteiras hardware ou outras formas de mídia protegida.

Confira também: Como criar Paper Wallet para Bitcoin e Altcoin

Se você não está usando suas moedas digitais diária, o ideal é mantê-los offline, é a opção mais segura em vez de deixá-los expostos na web.

Confira também: 6 Dicas para Proteger seus Bitcoins

Autenticação multifator (MFA) e autenticação de dois fatores (2FA)

MFA e 2FA são comuns para a maioria dos usuários bitcoin como práticas padrão de segurança. O método confirma a identidade de um utilizador, usando múltiplas verificações.

Google Authenticator e  Authy são bem conhecidos, estes serviços oferecem múltiplas validações – Exchanges (Casas de câmbios Bitcoin) também oferecem códigos de SMS para usar como 2FA para acessar seus serviços.

A adição de funções AMF e 2FA a aplicações e contas bitcoin é altamente recomendado. Além de proteger seu e-mail que está ligada a uma conta também protege contra engenharia social principalmente quando você possui contas vinculadas ao seu e-mail.

Confira também:  5 dicas de segurança ao usar bitcoins

Exchanges ou negociações com vendedores p2p?

Talvez se você realmente prefere ter maior anonimato em negociações Bitcoin, uma exchange não é uma boa opção, todas as suas negociações são gravadas, inclusive com informações bancárias e documentos pessoais.

Por outro lado alguns vendedores P2P, oferece a possibilidade de depósitos anônimos, sem a necessidade de você fornecer informações que comprometam sua privacidade. Confira algumas dicas:

  • Trocas de mensagens criptografadas, não é 100%, mas já protege informações confidenciais.
  • Use uma VPN
  • Ao enviar comprovantes de depósitos, certifique-se de remover metadados da imagem, boa parte dos dispositivos, gavam informações como, modelo do aparelho, app que faz a foto e em alguns casos até a sua localização.

Confira também: Dicas para negociar bitcoins no P2P

Conclusão

Há muitas outras técnicas para sua proteção que podem ser utilizados de acordo com sua necessidade. Conhecer e praticar estas técnicas irá ajudar a garantir que as suas impressões digitais não serão rastreadas.

E aí já segue alguns métodos de seguranças? Comente abaixo.

Compre e Venda bitcoins de maneira rápida e segura na maior bolsa de bitcoins da América Latina: https://foxbit.com.br

Itália Proíbe OneCoin Sob Investigações de Fraude

A “moeda digital” OneCoin já foi considerada uma fraude, mas desta vez, a alegação chegou aos ouvidos institucionais: o governo da Itália decidiu proibir o ativo, que tem sido associado com um esquema ponzi.

Leita também: O termo “Ponzi” vem da onde? Saiba porque!

As autoridades italianas argumentam que o serviço prestado pela empresa por trás da criptomoeda não cumpre o que promete aos seus clientes. Já a alguns meses, o número de pessoas e sites que rotulam OneCoin como um scam têm aumentado significativamente. O esquema, liderado pela advogada búlgara Ruja Ignatova, é promovido por uma empresa com sede em Gibraltar, chamada OneLife.

OneLife diz que o OneCoin é uma criptomoeda, quando na realidade a moeda não é descentralizada nem tem um livro-caixa público (um blockchain). A empresa utiliza um banco de dados centralizado e, de acordo com vários usuários, está atualmente usando um site com dados falsos para representar as “transações” enviadas e enviadas pela “rede”.

Onecoin é closed-source (código fechado), algo muito incomum em blockchains públicos. Usuários de Bitcoin e entusiastas de criptomoedas em todo o mundo estão tentando levantar suas vozes sobre esta questão, pois pode dar uma imagem negativa para outros tokens digitais. Na Itália, pela primeira vez, uma instituição pública decidiu agir.

A Autoridade de Concorrência e de Mercado (L’Autorità Garante della Concorrenza e del Mercato) ordenou congelar todas as operações da empresa OneCoin (One Network Services Ltd.), descrevendo o serviço como um esquema de pirâmide financeira. Autoridades de países como a Bulgária, Suécia, Finlândia, Letónia e Noruega também estão investigando a Onecoin sobre as alegações de fraude.

Leia também: Colômbia Proíbe Bitcoin Usando Esquemas Ponzi Como Desculpa.

O golpe sobreviverá no resto do mundo? Até agora, é provável, mas pelo menos eles não irão se livrar na Itália.

Fonte: AGCM.IT

 

Compre e Venda bitcoins de maneira rápida e segura na maior bolsa de bitcoins da América Latina: https://foxbit.com.br

Aviso: Poloniex irá excluir algumas Altcoins de sua rede no dia 04/01/17.

Poloniex a maior exchange de altcoins fez um anuncio hoje (19/12) sobre exclusão de algumas altcoins de sua rede.

delisted-polo

No dia 4 de Janeiro de 2017, as seguintes criptomoedas serão excluídos da sua plataforma:

  • MMNXT
  • BITCNY
  • NBT
  • DIEM
  • LTBC
  • RDD
  • XST
  • XCN
  • XDN
  • SYNC
  • CGA
  • GEO
  • Block
  • 1CR

O comércio destas moedas não será mais suportado a partir de 04 de janeiro, se por acaso tiver algum saldo nestas altcoins já fique atento para a troca ou venda.

Para que você entenda melhor o motivo da exclusão de algumas altcoins, a Poloniex trabalha com volume mensal, baixa capitalização e veracidade da altcoin, então é certo que de comum acordo haja uma limpeza na sua rede de troca.

Além disso também temos que levar em conta a carga do servidor, tempos de manutenção, armazenamento blockchain, sobrecarga da rede, tudo tem o seu custo e pode ser mais ou menos um BTC por mês para manter essas carteiras.

Compre e Venda bitcoins de maneira rápida e segura na maior bolsa de bitcoins da América Latina: https://foxbit.com.br

Qualquer dúvida deixe um comentário.

O que é Blockchain? Explicando de forma simplificada

Como pratos sujos podem explicar o funcionamento e o potencial de confiança na Blockchain?

Leo, Júlio, Maria e Elsa são quatro estudantes que moram na mesma república em Florianópolis. Como em quase toda república espalhada pelo Brasil, é uma guerra na hora de saber quem vai lavar os pratos sujos de Miojo. Os estudantes tentaram implantar um sistema de revezamento, mas foi um fracasso fenomenal: Júlio é o maior malandro, Leo distraído, Maria coincidentemente nunca está em casa na sua vez de lavar os pratos. Elsa é maior cri-cri e toda vez que tem visita pra jantar na vez dela lavar a louça ela argumenta que ficou em desvantagem, que trabalhou mais que os outros e quer descontar o trabalho extra na outra semana. No fim ninguém entra em acordo e é a senhoria que tem que decidir com mão de ferro quem vai lavar os pratos.

Pra resolver a este problema a senhoria teve uma ideia simples, porém genial: ela inventou de dar fichinhas coloridas a cada um dos estudantes (cada estudante com sua cor) e construiu um longo tubo transparente e indestrutível que ela chumbou ao chão da sala (tá bom, a ideia não era tão simples assim, mas vai seguindo o raciocínio).

Quando um estudante termina de lavar os pratos ele deposita uma fichinha no tubo pra ficar registrado que ele cumpriu com sua parte no revezamento. Pra evitar trapaças só é possível colocar uma fichinha no tubo se três dos quatro estudantes estiverem presentes, pois na tampa do tubo tem quatro cadeados onde cada estudante tem a chave para um deles.

Cada fichinha só pode ser colocada no tubo com o consentimento de pelo menos mais dois estudantes, que só permitem que isso aconteça depois de checarem que a pessoa realmente lavou os pratos e deixou a cozinha limpa. Como o tubo é inviolável e indestrutível, cada fichinha vale como registro eterno de que aquela louça foi lavada naquele dia. E basta uma olhadinha no tubo pra saber quem é o próximo a ter que lavar os pratos. É o tubo da verdade!

50% dos cadeados já permitem que se coloque uma fichinha no tubão

Infelizmente, o sistema só funciona se todos forem honestos. Se dois dos estudantes resolverem agir de má fé e se recusarem a abrir seus cadeados pro cara que acabou de lavar os pratos, o sistema deixa de funcionar. Agora, esse risco seria diminuído se morassem nessa república 1000 estudantes em vez de 4, pois as chances de que 50% estivessem agindo de má fé cairiam consideravelmente.

Mas claro, um tubo com 1000 cadeados na sala seria impraticável. Onde a galera vai dormir no carnaval? E se a gente pudesse usar a tecnologia pra utilizar este mesmo princípio no mundo virtual?

Bom, essa tecnologia existe e se chama blockchain. O blockchain nada mais é que um grande arquivão, consultável e transparente como nosso tubo, onde a gente pode “empilhar” registros da mesma maneira que os estudantes de Floripa empilhavam fichinhas. A estes registros nós damos o nome de blocos. E à essa cadeia de blocos damos o nome de…. blockchain! Tchãrã!

o que e blockchain

Assim como acontecia com as fichinhas no tubo, uma vez um registro é adicionado ao blockchain ele não pode ser retirado nunca mais, passa a ser verdade eterna e absoluta! (claro que no Brasil eventualmente vai aparecer algum juiz querendo apagar registro de blockchain por ordem judicial, quem viver verá!)

Naturalmente isso aqui é uma simplificação e a realidade tecnológica do blockchain é muito mais complexa, envolve criptografia, resolução de problemas matemáticos complicados, redundância da cadeia, etc. Mas conceitualmente o funcionamento do blockchain é semelhante ao do nosso tubão, que, trabalhando na base do consenso permite aos estudantes eliminar a necessidade de se confiar às cegas uns nos outros ou de depender de uma autoridade central. Pense por exemplo na principal aplicação do blockchain hoje em dia, que é viabilizar a existência de criptomoedas como o Bitcoin. Nessas moedas, cada operação fica registrada no blockchain, eliminando assim a necessidade de uma instituição financeira central validando cada transação.

Bitcoins e moedas virtuais não são as únicas aplicações do blockchain. Sua natureza transparente e descentralizada, somadas à sua capacidade de prover informação irrefutável e irreversível permitem diversas aplicações como por exemplo gerenciamento de propriedade (pense se a escritura de sua casa ficasse registrada em uma blockchain ,  seria o fim dos cartórios!), confirmação de identidade/documentos, validação de votos, enfim, qualquer lugar onde você precisa de um registro confiável de informações.

Blockchain, o maior legado do Bitcoin.

O sistema bancário atual não foi desenhado para o mundo digital. Embora os canais tenham sido em parte digitalizados, a forma como os registros das transações foram modelados é voltada para o mundo analógico. Os dados precisam estar super protegidos, em ambientes próprios e centralizados, que exigem altos investimentos e uma cara manutenção, além de estarem susceptíveis a ladrões e hackers.

E o Bitcoin tem se mostrado a solução para isso.

O Bitcoin é uma criptomoeda e um sistema de pagamento online baseado em protocolo de código aberto que é independente de qualquer autoridade central. Um bitcoin pode ser transferido por um computador ou smartphone sem recurso a uma instituição financeira intermediária. O conceito foi introduzido em 2008 num white paper publicado por um grupo ou alguém com o pseudônimo de Satoshi Nakamoto que o criou e o chamou de sistema eletrônico de pagamento peer to peer (p2p).

Uma Block chain ou blockchain é um livro-razão público de todas as transações bitcoin ou de criptomoedas, até então realizadas. Está constantemente crescendo à medida que novos blocos completos são adicionados a ela por um novo conjunto de registros. Os blocos são adicionados à blockchain de modo linear e cronológico. Cada nó conectado à rede bitcoin tem a tarefa de validar e repassar transações   obtém uma cópia da blockchain após o ingresso na rede bitcoin. A blockchain possui informação completa sobre endereços e saldos diretamente do bloco gênese primeiro bloco criado até o bloco mais recentemente concluído.

A blockchain é vista como a principal inovação tecnológica do bitcoin visto que é a prova de todas as transações da história da rede. Seu projeto original tem servido de inspiração para o surgimento de novas criptomoedas semelhantes ao bitcoin e de bancos de dados distribuídos e anônimos.

Realmente a tecnologia Blockchain mudará nossas vidas drasticamente.

Compre e Venda bitcoins de maneira rápida e segura na maior bolsa de bitcoins da América Latina: https://foxbit.com.br

Vegas Casino o melhor dos casinos online com Bitcoin

O mundo de apostas online só tem crescido nos últimos anos, aproveitando  esse crescimento vários sites têm surgido com ideias fascinantes, que inclusive adotaram o bitcoin como principal forma de processar seus pagamentos.

Os casinos de bitcoins é um grande sucesso hoje em dia. O diferencial nestes casinos baseados em bitcoin é que eles oferecem uma oportunidade para os jogadores, jogarem anonimamente os seus jogos favoritos enquanto permanecem fora do alcance de hackers e bloqueio de suas contas bancárias.

Quando você usa bitcoins, não precisa mais da aprovação de bancos para começar a jogar, já que não tem nenhuma autoridade central para processar a transação.

Quando se fala em casinos logo vem em mente Las vegas, certo? Se sim, o Vegas Casino será sua primeira escolha se quiser usar um casino online. Vegas Casino foi criada em junho de 2015 com o objetivo de proporcionar uma experiência única.

VegasCasino.io não só oferece jogos de casino, mas também uma plataforma de apostas desportivas oferecendo mercados diários em uma ampla gama de grandes eventos, você pode fazer tudo isso simplesmente usando bitcoin.

Cadastro, depósitos e saques

O cadastro é bastante simples, basta colocar seus dados como nome, e-mail e uma senha, que de imediato já terá acesso a plataforma, vale lembrar que o cadastro é somente para maiores de 18 anos, em média tudo isso leva menos de 15 segundos.

O depósito mínimo é de 0,001 BTC, caso deposite uma quantia abaixo desse valor, o depósito será cancelado.

Como sempre acontece nas transações Bitcoin, os saques são processados Instantâneos, fica só dependendo de confirmações da rede Bitcoin, no VegasCasino.io é exigido um mínimo de 5 confirmações para retirada de fundos de sua conta, demais informações você encontra no Termos e Condições do próprio site.

Oferta de serviços do VegasCasino.io

Dentre várias opções o Vegas Casino, oferece diversas formas de apostas e jogos disponíveis, que certamente atraem todos os tipos de jogadores, são mais de mais de 500 jogos de vídeo de casino, incluindo os favoritos como Satoshis Secret, Sugar Pop e Fortune Panda, entre outros.

O casino online usa vários fornecedores de software de casino para proporcionar uma experiência de jogo de alta qualidade.

Suporte

Você pode entrar em contato através do chat que funciona 24/7, sempre estão online ou se preferir pode pedir suporte por e-mail.

Jogar de graça

Essa sem dúvida é uma das melhores coisas sobre VegasCasino.io , você ter a possibilidade de jogar os jogos do casino de graça.

Blackjack Bitcoin ou slots Bitcoin, você tem a chance de entrar em um jogo e testar suas habilidades e aproveitar sem ter que gastar qualquer dinheiro.

Segurança

VegasCasino.io é extremamente seguro, inclusive você tem a possibilidade de ativar autenticação em dois passos, para maior segurança na sua conta.

Bitcoin tem sido reconhecido como um sistema global de pagamento seguro, e isso faz com que o site tenha um ambiente  seguro para qualquer tipo de jogador.

Junte-se para VegasCasino.io para a melhor experiência de casino em apostas online com bitcoin: Cadastre-se

Compre e Venda bitcoins de maneira rápida e segura na maior bolsa de bitcoins da América Latina: https://foxbit.com.br

Aviso: Este artigo é apenas para fins informativos, a informação não constitui aconselhamento de investimento ou uma oferta para investir. Criptomoedas Fácil não é responsável por qualquer conteúdo, produtos ou serviços mencionados no comunicado de imprensa.

Como se Determina o Valor do Bitcoin?

Explicando como se determina o preço do Bitcoin pela Teoria do Valor Subjetivo.

Você já se perguntou o que é valor?

Bom, valores são critérios existenciais individuais. Valor é importância que você dá a algo ou alguém em uma escala de zero ao infinito. Ex.: Nossos pais nos deram a vida. Portanto, isso é um critério positivo, então o valor dessas pessoas é alto para nós.

Dependendo do critério que é usado, a resposta pode ser diferente. Ex.: Pedro rouba o dinheiro de João por meio de ameaças. Portanto para João o roubo é um critério negativo, então o valor da pessoa Pedro é baixo para João.

Isso também acontece quando você quer colocar valor a um produto ou serviço.

Ex.1: Bitcoin é um sistema descentralizado e independente de governos e bancos, ainda por cima, não cobra taxas para ser usado. Portanto, isso é um critério positivo, então o valor dessa criptomoeda é alto para mim.

Ex. 2: Moeda Fiduciária estatal é controlada por um sistema burocrático e contribui para o lobby do sistema financeiro feito pelo banco central. Portanto, isso é um critério negativo, então o valor dessa moeda é baixo para mim.

Valores altos e baixos são determinados por critérios, que se manifestam por gostos individuais. Existem pessoas que ao contrário do escritor desse texto, preferem usar a moeda estatal (Real) ao invés de Bitcoin por exemplo. E é por isso que o valor depende individualmente de cada pessoa.

Portanto, algo só se torna valoroso se tem serventia, se individualmente tem reputação ou utilidade para um ser humano. Essa é a afirmação que fundamenta a Teoria do Valor Subjetivo, formulada por Carl Menger, fundador da Escola Austríaca de Economia.

Bom mas o que a Teoria do Valor Subjetivo tem a ver com o preço do Bitcoin?

Valor é diferente de preço, já que preço é determinado pelo mercado. Depende assim, do equilíbrio entre a oferta e a demanda do que se valora.

O Bitcoin já mostrou que é valorizado no mercado por diversas pessoas, que colocando seus critérios individuais em ação, singularmente compram e vendem bitcoins por um determinado preço condizente com o equilíbrio entre a oferta e a demanda. Todos esses valores subjetivos individualmente colocados nessa criptomoeda, são subjetivamente precificados, o que dá corpo e forma a competição do mercado, produzindo assim, a média do preço dessa mercadoria.

A média de preço do Bitcoin está em algo entre R$ 2736,43 e R$ 2739,60.

A demanda pela mercadoria só surge quando existe uma necessidade de se adquirir ela, pela utilidade que ela mostra ter subjetivamente para cada ser humano em questão.

Uma mercadoria não tem valor por ter somente uma única utilidade, até porque o ser humano pode criar diversas utilidades marginais comparadas a principal utilidade dada a essa mercadoria.

Dinheiro feito de papel, pode ser utilizado como papel-higiênico por exemplo. Acredite se quiser: é quase isso que acontece na Venezuela nesse momento, devido a destruição da economia pela expansão de oferta monetária do bolívar, com aval do banco central.

Este é o montante de cédulas, necessárias, para se comprar 1kg de queijo na Venezuela.

E é nesse cenário que tem gente que está começando a largar a moeda fiduciária, logo depois que soube da existência da tecnologia disruptiva por de trás do Bitcoin.

Compre e Venda bitcoins de maneira rápida e segura na maior bolsa de bitcoins da América Latina: https://foxbit.com.br

Bitcoin domina, mas altcoins conquistam espaço

O site Purse.io anunciou o ranking com as moedas mais utilizadas para realizar compras através do site. E como esperado o Bitcoin fortaleceu sua dominância entre as altcoins a que se destacou foi a DASH que pelo segundo mês foi listada como a mais utilizada, ficando a frente de outras grandes moedas como Ethereum, Ethereum Classic e Litecoin.

Anuncio do site através do twitter:

purse1

Purse.io é um site de compras online popular na comunidade de criptomoedas, mas no Brasil ainda é pouco utilizado, A Purse funciona como uma serviço de troca, permitido que seus clientes troquem Bitcoins por compras feitas na Amazon com cartões de presente. Isto, efetivamente, permite que qualquer um compre na Amazon.com com bitcoin, tendo as vezes grandes descontos. A Purse fez uma parceria com ShapeShift para permitir que outras moedas fossem aceitas como pagamento, assim abrindo espaço para as altcoins.

De acordo com Steven McKie, Chefe de Desenvolvimento de Negócios e Conteúdo de Produtos, a integração com a ShapeShift foi feita para expandir o serviço para novas comunidades de usuários.

“Os usos para moedas digitais continuam a se proliferar pelo mundo conforme a adoção das mesmas prossegue. Para aproveitar o crescimento em longo prazo de outros ativos digitais, além do Bitcoin, a Purse fez esta parceria com a ShapeShift. Parceiros como esta empresa nos permitem estender o uso de nossa plataforma para comunidades mais diversas, consequentemente, expondo mais pessoas ao Bitcoin e impulsionando a adoção da criptomoeda mais adiante.”

Compre e Venda bitcoins de maneira rápida e segura na maior bolsa de bitcoins da América Latina: https://foxbit.com.br

A baixa volatilidade do bitcoin é um sinal de maturidade

Bobby Lee, cofundador e CEO da exchange chinesa BTCC, declarou recentemente que a taxa de volatilidade decrescente do bitcoin é um sinal de maturidade que pode ser visto como uma evidência para provar que uma reserva de valor pode de fato ser digital.

Durante o ano passado, a taxa de volatilidade do bitcoin diminuiu substancialmente, chegando a 4,97% no início do ano, já em dezembro caiu para 1,41%.

Bitcoin ganhou ainda mais  estabilidade em 2016, uma vez que ultrapassou outras reservas e moedas nacionais, comparadas ao seu valor de mercado.

No segundo semestre deste ano, o ecossistema bitcoin recebeu forte destaque da mídia, mostrando o quanto bitcoin tornou-se menos volátil, comparado a libra esterlina britânica, que ainda é considerada como uma das principais moedas de reserva no mundo.

Sem dúvida, bitcoin provou o seu potencial como uma reserva de valor e como uma moeda global em 2016, com baixa taxa de volatilidade e forte desempenho em termos de preço, valor de negociação e capitalização de mercado.

Valorização bitcoin em 2016

Este ano, o valor da moeda subiu 80%, ultrapassando a alta de 35% que foi registrada no ano passado. Só em novembro, o aumento foi de 9%, chegando a picos de $788.

A última alta aconteceu depois que o primeiro ministro da Índia, Narendra Modi, anunciou a retirada de notas de 500 e 1.000 rúpias de circulação. Juntas, as notas correspondiam a US$ 256 bilhões.

Segundo Modi, as notas estavam alimentando a corrupção, sendo falsificadas e financiando ataques contra o país.

Compre e Venda bitcoins de maneira rápida e segura na maior bolsa de bitcoins da América Latina: https://foxbit.com.br

Ministério de Finanças da Rússia tenta legalizar Bitcoin, e olha no que deu

2016 com certeza está sendo o ano que tanto se falou em regulamentar o bitcoin em maior parte do mundo, desta vez o Ministério de Finanças russo propõe tratar Bitcoin como outras moedas estrangeiras, tendo em vista que as transações Bitcoin são razão suficiente para suspeita de atividade ilegal.

A postura da Rússia sobre as moedas de digitais é um mistério, durante anos, há rumores de que o governo pretende proibir ou impor sanções mais duras para a negociação de Bitcoin, isso porque eles ainda não tem nada claro juridicamente sobre o assunto.

Depois que o Banco Central Russo disse que Bitcoin é um substituto ilegal para o dinheiro e, portanto, proibido, agora toma outra posição mais branda para ter convencido o Ministério de Finanças. Em uma carta de 6 de Outubro, que foi publicado de acordo com o Blog russo Forklog.net em 29 de novembro, o Ministério de Finanças agora apresentam seus pontos de vista.

Inicialmente o Ministério de Finanças declarou  o porque o Banco Central Russo mantém Bitcoin ilegal.

Ele afirma

A moeda oficial da Federação Russa é o rublo, a circulação de outras unidades monetárias e a emissão de substitutos do dinheiro é proibido, não deve haver nenhum outro dinheiro além do dinheiro oficial.

O Ministério de Finanças entanto se contradiz

“A proibição aos cidadãos e organizações da Rússia, para comprar ou vender moedas de criptografia é insustentável.” A razão é a lei russa sobre a regulação e controle das moedas, nos termos desta lei, as autoridades fiscais russas consideram a mudança de moeda por cidadãos russos extraídos legalmente, sendo que  moedas de criptografia não são mais definidos pela lei russa, não há nenhuma razão para tratá-los de forma diferente de moedas estrangeiras. “As operações que estão associados com a compra ou venda de moedas de criptografia, a favor ou contra a moeda estrangeira ou rublos russos, devem ser consideradas como operações em moeda estrangeira.

Artiom Tolkachev, presidente da comunidade russa Blockchain, considera que uma das declarações da carta era que “a lei russa não proíbe que os cidadãos e organizações russas operam com moedas digitais.” As moedas e operações em negociação de criptomoedas o intercâmbio deve ser legal na Rússia.

Um benefício que parece ver o Ministério de Finanças na legalização do Bitcoin é que a moeda de criptografia pode ser melhor controlada. Se as moedas de criptografia têm o mesmo estatuto jurídico que uma moeda estrangeira, eles podem ser tributados ou regulados, as autoridades podem aplicar regras existentes e desenvolver ferramentas para trabalhar com moedas de criptografia.

A carta confirma que o uso de criptomoedas para transações contribui “a assumir que tais operações estão relacionadas com o sonegação de capitais e o financiamento do terrorismo, de modo a desencadear nos EUA, um potencial para suspeitos. O imposto e os reguladores devem “obter informações sobre os objetivos de vendas de moedas de criptografia”, e desenvolver a regulamentação financeira, métodos para monitorizar a atividade das empresas e os seus utilizadores para maior controle.

Em particular, a avaliação das operações com criptomoedas torna uma razão suficiente para que as suspeitas de atividades ilegais de acordo com a carta do Ministério de Finanças sobre uma espada de dois gumes. Portanto Tolkachev também diz que “as conclusões sobre o funcionamento das empresa que operam com criptomoedas tem um olhar extremamente estranho.”

No entanto, a posição do Ministério de Finanças é uma indicação de que uma abordagem mais flexível pode prevalecer sobre as moedas digitais como é o caso do Bitcoin.

Compre e Venda bitcoins de maneira rápida e segura na maior bolsa de bitcoins da América Latina: https://foxbit.com.br